Equipamento

B 110

B-110 a mais produtiva máquina de pequeno porte

A B-110 é a menor máquina automática INDATA, ela confecciona blisters para pequenas e médias produções em pequenos tamanhos.

É um equipamento completo pois forma, sela e corta as embalagens de maneira contínua, possui um sistema de avanço exclusivo da INDATA que lhe propicia velocidade e precisão, permitindo que seja compacta e de baixo custo.

Estas vantagens somadas ao fato de que as embalagens confeccionadas possuem uma ótima apresentação, facilidade de armazenamento e controle, fazem da B-110 uma excelente opção.

Conheça mais sobre a B-110 entrando em contato com nosso setor comercial.

 

  • 1
  • Opcionais de processo
  • Opcionais de corte
  • Opcionais de marcação

 
  • Atmosfera Modificada: é um sistema de conservação para alimentos resfriados, consiste na aplicação de gás no interior da embalagem para evitar a proliferação de bactérias, é largamente utilizado na indústria de massas frescas, tem bons resultados nas massas em geral, também cabe sua utilização em queijos, sanduíches, e vários tipos de carnes;
  • Pré-moldagem: com este opcional a máquina conseguirá fazer embalagens mais profundas com maior rigidez;
  • Easy peel: sistema de abertura fácil da embalagem também chamado de "abre fácil" ou "easy peel" , consiste de uma área da aba da embalagem que não será selada, permitindo que o consumidor puxe para abertura manual, isto em parte depende dos materiais utilizados para compor a embalagem;
  • Posicionador por fotocélula: sistema encarregado de centralizar o rótulo na embalagem, permitindo que sejam posicionadas informações na frente e no verso, sem este opcional a embalagem ficaria lisa para ser colocada etiqueta posteriormente ou com impressão continua repetida, sem centralizar como visto em blisters farmacêuticos;
  • Solda lisa: refere-se ao acabamento das áreas seladas da embalagem, normalmente o contorno recebe este tipo de solda para plásticos utilizados para embalar alimentos ou em papéis utilizados para selar diversos produtos não alimenticios;
  • Solda com Recartilha: refere-se ao acabamento das áras seladas, neste caso com um padrão de quadrícula, pode ser escolhida a densidade fina, normal ou grossa, dependendo do produto a embalar, é adequada para selagem de alumínio, e em alguns tipos de plástico e papeis também apresenta um bom acabamento.
  • Padrão: a embalagem é cortada em formato retangular;
  • Arredondado composto: a embalagem é cortada em formato retangular com os vértices arredondados, este sistema é composto porque corta em 2 etapas, primeiro arredonda as esquinas, depois utiliza o sistema padrão de corte reto para uni-las;
  • Arredondado simples: a embalagem é cortada em formato retangular com os vértices arredondados, este sistema garante melhor acabamento já que o corte é feito em um único estágio;
  • Perimetral: a embalagem pode ser cortada retangular com cantos arredondados ou com curvas, apresenta o melhor acabamento de corte, utilizado para obter embalagens com tamanho externo customizado e padronizado;
  • Sistema perfurador para expositor: muitos produtos precisam ser suspensos em expositores, para tal este sistema perfura o filme no formato especificado, normalmente cabide, triângulo ou redondo;
  • Estação de picote: é um dispositivo que utiliza serrilhas para picotar a área de solda entre os alvéolos da mesma embalagem, conseguindo assim destacá-los em grupos ou individualmente.
  • Datador hot Stamping: cabeçote para marcação de data e lote com ribbon(fita) e carimbos de latão intercambiáveis para ser aplicado no filme de tampa da embalagem antes do mesmo ser selado;
  • Impressora Ink-jet: sistema de impressão, para informações variáveis na tampa da embalagem, como por exemplo tabela nutricional, código de barras, lote, rastreabilidade de embalagens etc;
  • Impressora por termo-transferência: sistema de impressão que utiliza ribbon ao invés de cartucho, recomendado para baixas temperaturas e marcação mais durável;
  • Marcação na Termoformagem: algumas embalagem tem inscrições feitas na própria bandeja em alto ou baixo relevo, este opcional permite que a embalagem contenha informações como data e lote diretamente dentro do molde;
  • Marcação na Selagem: marcação em alto relevo na área de solda, como observado na maioria dos blisters de comprimidos farmacêuticos.
 
Modelo Área da Embalagem Prof. Máx. da Embalagem Velocidade de Produção Diametro máx. da bobina de selagem Diametro máx. da bobina de base Avanço Largura máxima
B-110 140 x 100mm 50 13 por minuto 250mm 280mm 110 mm 150 mm
Modelo
B-110
Área da Embalagem
140 x 100mm
Prof. Máx. da Embalagem
50
Velocidade de Produção
13 por minuto
Diametro máx. da bobina de selagem
250mm
Diametro máx. da bobina de base
280mm
Avanço
110 mm
Largura máxima
150 mm

Solicite orçamento

Nome

Email

Empresa

Telefone

Mensagem


Cartão BNDES

Compre este equipamento com o Cartão BNDES


Presente na América Latina